Últimas Notícias

quarta-feira, setembro 08, 2021

Alunos retornam às aulas presenciais em escolas públicas de Fortaleza após 18 meses

 Volta as aulas na escola Madre Teresa de Calcutá, no Bairro de Fátima, em Fortaleza. — Foto: Fabiane de Paula/Sistema Verdes Mares

Após 18 meses, os alunos da rede pública de ensino de Fortaleza retornam às salas de aula nesta quarta-feira (8) O retorno nas escolas públicas de Fortaleza ocorre de forma gradual. As aulas presenciais foram suspensas em fevereiro de 2020, com o agravamento da pandemia da Covid-19.

De acordo com a secretária da educação de Fortaleza, Dalila Saldanha, a volta foi planejada de maneira gradual. Nesta semana começa o Infantil 3, 4 e 5, como também os primeiros alunos dos segundos anos do ensino fundamental da etapa inicial do 1º ao 5º.

“Esse retorno é planejado há algum tempo e acontece de forma gradual e escalonado. O que isso significa? Nesta semana, no dia de hoje [quarta-feira (8)] estamos iniciando com o Infantil 3, 4 e 5 da educação infantil. Como também os primeiros segundos anos do ensino fundamental da etapa inicial do 1º ao 5º”, afirmou.

Dalila Saldanha explicou que no próximo dia 20 de setembro acontece o retorno ensino fundamental 2 que é do 6º ao 9º ano e a educação de jovens e adultos.

“A partir do dia 13 nós retornaremos com as últimas etapas da educação infantil que é o infantil 1 e 2 e os terceiros, quartos e quintos anos do ensino fundamental. E aí se encerra o ciclo da educação infantil e do fundamental. E na semana do dia 20 nós retornaremos com ensino fundamental 2 que é do 6º ao 9º ano e a educação de jovens e adultos”, disse.

LEIA TAMBÉM:

Ainda segundo a secretária da educação municipal a prefeitura cumpre todos os protocolos sanitários de segurança o que permite o retorno de apenas 50% dos estudantes.

"Estamos cumprindo o protocolo de segurança de 50% de capacidade ainda da turma. Desta forma uma metade da turma vem uma semana para escola de forma presencial e na semana seguinte os demais vem de forma presencial".

Retorno presencial das turmas, a partir de 8 de setembro, será feito de forma escalonada e está dividido em três etapas. — Foto: Fabiane de Paula/Sistema Verdes Mares

Retorno presencial das turmas, a partir de 8 de setembro, será feito de forma escalonada e está dividido em três etapas. — Foto: Fabiane de Paula/Sistema Verdes Mares

Aulas virtuais desde março 2020

As instituições públicas estão em aulas virtuais desde março de 2020. Já as escolas particulares retomaram as atividades com ensino híbrido (variando entre presencial e remoto) após as férias de julho.

Em entrevista à TV Verdes Mares, a secretária municipal da Educação, havia falado anteriormente sobre as primeiras séries a voltarem em formato presencial, como será feita a divisão dos alunos e as adaptações na estrutura das escolas para atender as medidas de segurança contra a propagação da Covid-19.

As escolas municipais de Fortaleza vão retomar as atividades em formato híbrido, com 50% da capacidade, a partir desta quarta-feira. — Foto: Fabiane de Paula/Sistema Verdes Mares

As escolas municipais de Fortaleza vão retomar as atividades em formato híbrido, com 50% da capacidade, a partir desta quarta-feira. — Foto: Fabiane de Paula/Sistema Verdes Mares

Veja como será à volta as aulas na rede municipal de Fortaleza:

Primeiras turmas contempladas com as aulas presenciais

Segundo Dalila Saldanha, o retorno presencial das turmas será feito de forma escalonada e está dividido em três etapas. Na primeira semana, retornarão as turmas do infantil 3, 4 e 5, além do 1º e 2º ano do ensino fundamental.

"Iniciaremos dia 8 com a educação infantil, com o infantil 3, 4 e 5 e o 1º e 2º ano do ensino fundamental. Na semana seguinte nós retornaremos com o restante da educação infantil, que é o infantil 1 e 2, com as crianças pequenas, e os 3º, 4º e 5º anos do ensino fundamental. Por fim, na última semana do Plano de Retorno, que já inicia dia 20 de setembro, o 6º ao 9º do ensino fundamental e a educação de jovens e adultos", explica.

Divisão das turmas do ensino híbrido

O decreto vigente no Ceará permite atividades presenciais com 50% da capacidade das turmas. Dessa forma, de acordo com Dalila, as turmas serão divididas em grupos, pela ordem de chamada do diário de classe, onde metade virá presencial em uma semana e a outra metade na semana seguinte. Enquanto isso, os que estiverem em casa continuam assistindo às aulas de forma remota.

"Nesse processo de revezamento todos os estudantes receberão a orientação dos professores e nós já distribuímos todos os materiais de livros didáticos, material estruturado e também chips e tablets que vão guiar todo o trabalho que está sendo desenvolvido junto as equipes pedagógicas", disse.

Adequação das escolas para receber os alunos

Para receber os alunos, as escolas municipais passaram por readequações nas


estruturas e intervenções nos espaços para cumprir as medidas sanitárias e evitar a propagação do novo coronavírus.

Dalila afirma que em junho de 2020 foi feito um diagnóstico nas mais de 590 unidades de ensino da prefeitura, para identificar as necessidades de cada uma. A partir disso, foi elaborado um protocolo para cada unidade.

"Hoje esse protocolo já está aprovado pela equipe de Vigilância Sanitária e nós fizemos um trabalho e toda adequação, de aberturas de janelas, instalação de mais ventiladores, instalação de lavatórios, para aumentar o número, instalação e sanitários, reservatórios de água. Adequação também dos espaços, para que agente pudesse ter mais espaços com áreas livres. Tivemos também o cuidado importante com as instalações elétricas e sanitárias, para que agente possa proporcionar um retorno seguro a toa comunidade escolar”, relata.

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Your Ad Spot

Páginas