ANÚNCIOS

Últimas Notícias

AGRICULTOR É DETIDO POR DENÚNCIA 190 COM ARMA CASEIRA NO SÍTIO SANTO ANTÔNIO BASTIÕES/IRACEMA-CE


Agricultor é surpreendido por polícias militares em sua casa por denuncia através de 190, na localidade do sítio santo Antônio Bastiões/Iracema/CE, um agricultor de nome José Gecione, mais conhecido como” SEU BOLA” morador do sítio santo Antônio nas proximidades do Distrito Bastiões Iracema-CE, um simples trabalhador do campo filho de agricultores nascido e criado no duro trabalho do campo e da roça, que não tem e nunca teve envolvimento com quaisquer espece de crime ou ato criminosos.

Hoje por volta das 14:hs30 policiais da supostamente da guarnição de Jaguaribe chegaram até o localidade de sítio baixa grande, na residência do agricultor e ferreiro conhecido como “NINA” segundo ele mesmo sem mandato ele entraram e fizeram busca em sua casa que resultou encontrando 5 espingardas soca, soca como é conhecido por aqui espingarda de ouvido um tipo de arma primitiva que quase não existe que só serve para decoração.
Os policiais estavam com nome do agricultor Seu Bola e do seu pai José Alves, segundo a denúncia que receberam, se não tivesse arma na casa do agricultor estaria na casa do pai, ou seja, quem fez a tal denuncia estava ciente de tudo; e com muita raiva do agricultor seu Bola.

Chegaram querendo informações dos moradores locais de onde morava sua bola” e chegando na casa do mesmo, ele e sua família foram pressionados psicologicamente para entregar armas e munições, no qual foi encontrado duas espingardas uma calibre 12 de forma artesanal  e uma 36 de fábrica, o agricultor foi detido e levado para delegacia de polícia civil de Iracema para serem feitos os procedimentos cabíveis, onde vai prestar esclarecimentos e possivelmente a paga de fiança.

Por direito todo cidadão tinha que ter em sua casa para defesa de sua família e dos seus bens uma arma para sua proteção, mais não pode. Eles são caçados e tem suas casa mesmo sem mandatos invadidas vasculhadas, e alguns casos chegam a sofrer torturas psicológicas e pode ser onde for no meio da mata mesmo sem estradas eles conseguem chegar lá, levando sua proteção deixando sua casa e sua família a disposição de animais silvestres; e bandidos pois sabem que estão sem nem tipo de proteção. O que está acontecendo como nossos governos que mobiliza homens armados levando transtornos nas humildes casas do NOSSO SERTÃO a famílias carentes e agricultores que vivem em meio a mata do interior do nosso nordeste cearense, olha para nosso povo governadores do nosso estado e do nosso país, que estão sem trabalho e sem segurança, é hora de mudar! de autorizar proteção para moradores rurais com tipo arma especificadas para sua sobrevivência e sua defesa.

Folha Serrana
Repórter: Francisco Filho


Nenhum comentário