Últimas Notícias

quarta-feira, novembro 03, 2021

II Ursap realiza Seminário sobre Doenças Negligenciadas

 


A II Unidade Regional de Saúde Pública (II URSAP), por meio do Programa de Controle da Doença de Chagas (PCDCh), realizará sexta-feira (5) de novembro, às 9h, no auditório deputado Leônidas Ferreira da II URSAP, o I Seminário sobre Doenças Negligenciadas.

 

O Programa de Controle da Doença de Chagas da II URSAP é coordenado pelos técnicos Valéria Duarte de Almeida e José Escarião do Nascimento.

 

O Seminário terá  como palestrantes a bióloga e doutoranda em Ciências Fisiológicas pelo Programa Multicêntrico de Pós-graduação em Ciências Fisiológicas (PMPGCF) coordenado pela Sociedade Brasileira de Fisiologia, Valéria Duarte de Almeida e o coordenador estadual do Programa de Controle da Doença de Chagas da Sesap, Gilmar Cordeiro.

 

As Doenças Tropicais Negligenciadas (DTNs) afetam mais de dois bilhões de pessoas em todo o mundo, sendo importantes causas de morbidade e mortalidade. Atualmente, a Organização Mundial da Saúde (OMS) classifica 17 doenças como tropicais negligenciadas, incluindo a doença de Chagas, esquistossomose, leishmaniose, dengue, diarreia, malária, tuberculose, entre outras.

 

Também conhecidas como doenças da pobreza, são importantes problemas de saúde pública. Um dos maiores problemas atrelado a estas doenças é o quadro de morbidade dos pacientes, impossibilitando-os de desenvolverem suas funções normais. Este quadro constitui um obstáculo importante ao desenvolvimento dos países, através da impossibilidade dos pacientes de trabalharem e desenvolverem atividades normalmente.

 

As doenças negligenciadas ou negligenciadas são um grupo de doenças infecciosas, muitas delas parasitárias, que afetam principalmente as populações mais pobres e com acesso limitado aos serviços de saúde; especialmente aqueles que vivem em áreas rurais remotas e em favelas. A prevenção e o controle dessas doenças relacionadas à pobreza requerem uma abordagem integrada, com ações multissetoriais, iniciativas combinadas e intervenções econômicas para reduzir o impacto negativo na saúde e no bem-estar social e econômico dos povos das Américas.

 

Abdias Duque de Abrantes

Assessor de Comunicação Social da II URSAP

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Your Ad Spot

Páginas