Últimas Notícias

segunda-feira, agosto 23, 2021

Presos por morte de vendedora em shopping de Fortaleza usaram ponto eletrônico de comunicação, diz Polícia Civil

 


Mulher morre após ser baleada em shopping de Fortaleza.

 

 

Os suspeitos de terem organizado o assalto que resultou na morte de uma vendedora de uma joalheria dentro de um shopping, no Bairro Edson Queiroz, em Fortaleza, utilizaram pontos eletrônicos de comunicação durante o crime. A informação foi confirmada pela Polícia Civil do Ceará, neste domingo (22), após a prisão dos quatro suspeitos do latrocínio (roubo seguido de morte).

 

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), entre os quatro homens presos, um deles foi o responsável por atirar e matar Carol Rocha, a funcionária da joalheria vítima da ação criminosa. Outras três pessoas foram presas suspeitas de participação no crime. As buscas foram feitas em Fortaleza e na cidade de Caucaia, na Região Metropolitana, e as prisões se deram em menos de 24 horas do crime.

 

O marido de Carol Rocha se manifestou, neste domingo (22), por meio de redes sociais sobre a perda da mulher. Matheus Damasceno relatou a dor de perder a esposa: "Foi tirada de mim a minha melhor parte, o melhor de mim foi arrancado. A minha melhor amiga se foi".

 

'Não consigo fazer nada sem que eu me lembre dela', diz marido de mulher morta em assalto a loja de shopping

 

As investigações são conduzidas em conjunto pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e pela Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) - com apoio do Departamento de Inteligência. Mais informações sobre o trabalho policial serão divulgadas na manhã desta segunda-feira (23), pela Secretaria da Segurança.

 

Na manhã deste sábado (21) a SSPDS chegou a divulgar imagens de dois suspeitos do crime, a partir das câmeras de segurança do shopping.

 

LEIA TAMBÉM:

 

Mulher é atingida por tiro e morre em shopping de Fortaleza

Imagens de suspeitos de latrocínio de vendedora em shopping de Fortaleza são divulgadas pela polícia

Latrocínio

Polícia divulga imagens dos suspeitos de terem participado da morte de vendedora em shopping de Fortaleza. — Foto: Divulgação/SSPDS

Polícia divulga imagens dos suspeitos de terem participado da morte de vendedora em shopping de Fortaleza. — Foto: Divulgação/SSPDS

 

A vítima foi baleada e morreu ainda no shopping, mesmo recebendo socorro. A informação foi confirmada pela assessoria do estabelecimento. A polícia informou que se trata de um caso de latrocínio (roubo com morte). Clientes e funcionários do shopping foram surpreendidos ao ouvir disparos.

 

Imagens gravadas por clientes do shopping mostram a equipe de salvamento tentando reanimar a vítima.

 

Segundo a SSPDS, dois homens armados entraram na joalheria do shopping e renderam as funcionárias da loja. Houve troca de tiros com o segurança do local e uma das vendedoras foi atingida.

 

Por nota, o shopping Iguatemi declarou:

 

"O Iguatemi Fortaleza informa que foi registrada uma tentativa de assalto no início da noite desta sexta-feira (20), no interior de uma loja. Houve disparos de arma de fogo que atingiram uma funcionária da loja, que foi atendida pela equipe de primeiros socorros do shopping, mas, infelizmente, não resistiu e faleceu. Uma equipe do shopping prestou apoio psicológico aos familiares da vítima no local, também disponibilizando a assistência de paramédicos. O shopping lamenta o fato e está colaborando com as investigações, já tendo cedido todas as imagens do shopping às autoridades de segurança pública, que apuram as circunstâncias do ocorrido. As investigações sobre o caso estão a cargo da Policia Civil, órgão da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). O Shopping Iguatemi Fortaleza se solidariza com a família da Sra. Carol Rocha. Informamos ainda que os eventos culturais previstos para este final de semana foram cancelados".

 

 

A loja onde Carol trabalhava, Tânia Joias, também se manifestou na manhã deste sábado. "A equipe Tânia Joias manifesta o mais profundo pesar pelo falecimento de nossa colaboradora Carol Rocha na noite de ontem. Neste momento de profunda tristeza, prestamos nossa solidariedade à família e amigos".

 

Tumulto

Agentes do DHPP de Fortaleza estiveram no local após o crime. — Foto: Rafaela Duarte/SVM

Agentes do DHPP de Fortaleza estiveram no local após o crime. — Foto: Rafaela Duarte/SVM

 

“Eu vi umas pessoas correndo, uma movimentação bem grande mesmo, os seguranças correndo. Aí eu vi todo mundo fechando as portas de outras lojas”, revelou um funcionário que trabalha em um dos estabelecimentos do shopping.

 

"Foi tudo muito rápido, a gente estava na praça de alimentação, e todo mundo começou a correr. Foi aquele barulho de cadeira arrastando, gente caindo, gritando. Um funcionário do shopping indicou os corredores e trouxe a gente para a saída mais próxima", revela um cliente que estava com a namorada e o irmão de seis anos.

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Your Ad Spot

Páginas