Últimas Notícias

13 novembro 2018

“Don Juan” do DF e Entorno dá prejuízo de até R$ 100 mil a vítimas


Para passar a impressão de ser bem-sucedido, homem se passa por advogado de multinacional e finge sotaque estrangeiro.
A Polícia Civil goiana está à procura de um homem que responde a vários processos na Justiça por seduzir e extorquir mulheres. Ele se apresentava como advogado de uma multinacional e descendente de italianos em sites e aplicativos de relacionamentos. As vítimas do “Don Juan”, que agia no Distrito Federal e Entorno, somam prejuízos. Uma delas, moradora de Águas Lindas de Goiás, perdeu R$ 100 mil após cair no golpe.

Conforme noticiou o jornal goiano O Popular, uma das “namoradas” do golpista perdeu R$ 22 mil depois da concessão de empréstimos feitos pelo pai e irmão da vítima, que são moradores de Valparaíso de Goiás. Os pedidos de cheques e dinheiro começaram apenas 15 dias após os dois engatarem um namoro.
Quem caiu na lábia do falsário conta que ele era muito persuasivo e chegava, inclusive, a inventar um falso sotaque estrangeiro. Mas o homem é potiguar, natural da cidade de Portalegre (RN), município com menos de 8 mil habitantes, no interior do Rio Grande do Norte.
Mulheres que perderam dinheiro para o estelionatário vêm denunciando o homem na internet. Um post de uma moradora de Brasília traz a foto do falso advogado com um alerta, para que ele não faça outras vítimas.

No Distrito Federal, há registros de processos contra o estelionatário movidos por vítimas de Sobradinho e Gama, conforme consta na consulta processual do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT).
O Metrópoles tentou contato com o acusado, por meio do número de celular informado em processo ao TJDFT, mas as ligações caem diretamente na caixa de mensagem.

Fonte: Metrópoles

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Anúncio Google

Post Top Ad

Your Ad Spot

Páginas