Três homicídios em Campos Sales e outros em Abaiara e Juazeiro no total de nove mortes no fim de semana caririense

terça-feira, 10 de maio de 2016

O Soldado Lemos e o acusado do tráfico de drogas Luan Teixeira tombaram mortos em Campos Sales (Foto: Reprodução)
Publicidade


Subiu de oito para nove o número de mortes violentas na comparação entre os dois últimos finais de semana na região do Cariri. Neste, foram cinco homicídios, três mortes em conseqüência de acidentes de trânsito e uma vítima de coice de um animal. De acordo com levantamento feito pelo Site Miséria, três corpos vieram de Campos Sales, dois de Juazeiro e os demais de Abaiara, Araripe, Lavras da Mangabeira e Iguatu de uma pessoa que morre no Hospital Regional do Cariri (HRC) em Juazeiro.

Por volta das 19 horas de sábado o agricultor Antonio Alves de Sousa, de 59 anos, que residia no Sítio Teixeira na zona rural de Araripe, morreu em conseqüência de acidente de trânsito. Ele pilotava sua motocicleta quando perdeu o equilíbrio e caiu na estrada, provavelmente sofrendo traumatismo craniano. A vítima morreu dentro de uma ambulância nas imediações de Nova Olinda quando estava sendo socorrida ao HRC em Juazeiro.

Às 04h30min deste domingo, no Sítio Baixa Dantas na zona rural de Abaiara, populares encontraram, o corpo de Gilliard Félix de Lima, de 33 anos, que trabalhava para um crediarista. Ele residia no Sítio Tabocas e estava ao lado de seu Fiat Uno de cor cinza e uma pedra suja de sangue. A polícia descarta a tese de latrocínio, pois nada foi levado de Gilliard a não ser a vida. O mesmo respondeu processo perante a Comarca de Abaiara, mas a reportagem do Miséria não conseguiu identificar o motivo.

Já às 9 horas morreu na UPA Limoeiro o aposentado Agapito Mateus da Silva, de 75 anos, em consequência de uma colisão de motocicletas cerca de uma hora antes na Rua São Pedro no centro de Juazeiro do Norte. Ele trabalhava como vigilante e residia na Travessa João Moreira, 48 no bairro Juvêncio Santana, se constituindo na 13ª vítima fatal em acidente de trânsito este ano em Juazeiro

Enquanto isso uma hora depois morreu em um dos leitos do Hospital Regional do Cariri em Juazeiro o aposentado Antonio José Alves, de 79 anos de idade, que residia na Rua Professor João Coelho no município de Iguatu. Em sua cidade, ele sofreu um coice de uma burra e foi socorrido o HRC onde faleceu.

Por volta das 11 horas, no Bar da Miúda no Bairro Aparecida m Campos Sales, houve um tiroteio entre acusados do tráfico de drogas e policiais que averiguavam informações sobre a chegada de 1 Kg de cocaína na cidade. Morreram o Soldado do RAIO, José Roberto Lemos Soares, de 25 anos, que residia na Rua Joaquim Cruz (Aeroporto) em Juazeiro, e um dos acusados Luan Silva Teixeira, de 26 anos, residente em Arco Verde (PE). O Soldado Edmilson Passos de Araújo saiu ferido no braço e foi socorrido ao HRC. Três homens fugiram numa moto que roubaram após saírem de um matagal para onde tinham corrido deixando em frente ao bar um Chevrolet Agile com placas de São Paulo. Estes seriam Alex de Castro Aquino, o "Zé Doido", residente na Rua João Romão (Bairro Aparecida) em Campos Sales, José Lopes M. Silva, e mais um não identificado.

Às 14 horas, no Bar de Cícero na Rua Clotilde Norões Mota (Triângulo) em Juazeiro, Weslley Alves Rodrigues, de 21 anos, foi baleado com cinco tiros efetuados por um homem identificado apenas pelo apelido de “Cocada” que chegou numa moto. Ele morava na Rua Maria Aurora da Conceição, 416 naquele bairro e ainda foi socorrido ao HRC, onde morreu duas horas após. Consta contra o mesmo um processo na 2ª Vara Criminal da Comarca de Juazeiro por estupro de vulnerável em agosto de 2014.

Já às 19 horas, no bairro Barragem em Campos Sales, o jovem Antonio Lourenço Sousa da Silva, de 26 anos, o “Antonio de Bastiana”, estava sentado na calçada de sua casa quando foi morto a tiros por dois homens que chegaram numa moto. Ele era amigo de “Zé Doido” e estava no bar onde houve o tiroteio que resultou nas mortes de um soldado e um acusado do tráfico de drogas. Antonio respondia vários processos por furtos e roubos praticados em Campos Sales.

Duas horas depois, na estrada da Transnordestina no Sítio Melancias na zona rural de Lavras da Mangabeira, o topógrafo Thiago da Silva Lucena, de 31 anos, morreu em conseqüência de acidente. Ele perdeu o controle de direção e capotou o seu veículo Fiat Pálio de cor cinza e placas MXQ-4617, inscrição de Natal (RN), que ficou muito estragado. Na Delegacia, a polícia entregou R$ 792,00 e vários cartões bancários que estavam com a vítima.

 fonte miseria

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



POSTO RIACHUELO EM IRACEMA

ULTRAGAZ EM IRACEMA-CE

ADAS MOTOS EM IRACEMA-CE