Últimas Notícias

29 janeiro 2019

Quatro internos do sistema penitenciário do Ceará são aprovados em universidades públicas


O Poder Judiciário, no entanto, ainda vai decidir se eles podem ou não assistir às aulas

Já na primeira chamada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que começou nesta segunda-feira, 28, quatro internos e egressos do sistema penitenciário do Ceará foram aprovados em universidades públicas. Eles são do Centro de Triagem e Observação Criminológica, Centro de Execução Penal e Integração Social Vasco Damasceno Weyne e Cadeia Pública de Aratuba. Os cursos escolhidos foram Direito, Rede de Computadores, Letras Espanhol e Agronomia.

A Universidade Federal do Ceará (UFC) foi a principal instituição escolhida pelos internos, aprovando três deles. O quarto preencheu uma vaga no Instituto Técnico Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE/Campus Canindé).
 
Os números ainda podem aumentar com a chamada do Programa Universidade para Todos (ProUni) que garante vaga em instituições particulares.
 
O Poder Judiciário, no entanto, ainda vai decidir se eles podem ou não assistir às aulas. Enquanto a decisão não sai, a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) auxilia a família na documentação necessária para a matrícula.
 
Os alunos se prepararam para a prova por meio da EEFM Aloísio Leo Arlindo Lorscheider e dos aulões realizados nas unidades através da parceria entre SAP e Secretaria de Educação (Seduc).
 
O secretário Mauro Albuquerque destaca que a meta é ampliar esses dados no ano que vem. “As grandes unidades estão recebendo a sondagem dos professores, um momento para identificar o nível de escolaridade dos presos e matriculá-los na Educação de Jovens e Adultos. Nossa expectativa é ter um grande número de alunos em sala de aula e garantir acesso ainda maior à educação superior no próximo ano”, afirma.

Redação O POVO Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Anúncio Google

Post Top Ad

Your Ad Spot

Páginas