Últimas Notícias

TV SERRANA

05 julho 2018

RANKING DO O POVO Confira as seleções mais fortes e mais fracas das quartas de final da Copa


Quais são os times mais fortes e com melhores chances de conquistar o título? Os jornalistas do O POVO escolheram e com base nas preferências de cada um foi montado um power ranking (Foto: Reprodução)
A Copa do Mundo começou a afunilar e restam somente as seleções que conseguiram superar os desafios das oitavas de final. Os oito melhores colocados da competição já estão definidos. Dentre esses, quais são os mais fortes e com melhores chances de conquistar o título? Os jornalistas do O POVO escolheram e com base nas preferência de cada um foi montado um ranking das equipes classificadas às quartas de final do Mundial.

ENQUETE: Vocês acha que o Brasil passa da Bélgica nas quartas de final?

Opinaram os jornalistas Fernando Graziani, André Bloc, Ana Flávia Gomes, Brenno Rebouças, Bruno Balacó, Lucas Mota e Igor Cavalcante. Na escolha, foi levado em conta principalmente a qualidade das seleções, como também seu potencial em conquistar as vitórias rumo ao título.

+Confira as partidas e horários de jogos da Copa do Mundo nesta sexta-feira

O que fica claro nas escolhas foi a predileção por seleções que estão na mesma chave do Brasil, considerada mais forte. A única unanimidade nas escolhas ficou por conta da Rússia, considerada por todos os jornalistas a seleção mais fraca dessas quartas de final.

Confira o power ranking das quartas de final da Copa do Mundo:

1 - Brasil

O Brasil figura como grande favorito e chega embalado para enfrentar a Bélgica nas quartas de final. O time comandado por Tite vem de três vitórias seguidas por 2 a 0, vê Neymar melhorar suas atuações a cada partida e já não tem a concorrência dos então favoritos europeus, já eliminados precocemente da competição.

2- França

Após iniciou pouco cativante, a França aparece em segundo após ganhar forças com a vitória sobre a atual vice-campeã mundial, a Argentina. Após brilhante atuação de Mbappé, os franceses fizeram quatro gols no time comandado por Messi e se classificaram às quartas de final impondo dura derrota aos hermanos. França chega, ao lado do Brasil, com grande favoritismo à conquita do Mundial.

3- Uruguai

Em jogo baseado na solidez defensiva (a menos vazada, ao lado do Brasil), o Uruguai vem em terceiro na lista. O time chegou às quartas de final com campanha irreparável: passou com tranquilidade num grupo com times de pouca tradição e eliminou Portugal nas oitavas em grande exibição de Cavani, que deve ficar de fora do grande duelo destas quartas de final contra a França.

4- Bélgica

A melhor campanha da primeira fase foi da Bélgica, que ficou em quarto no ranking. Em grupo no qual o grande desafio seria enfrentar a Inglaterra na terceira rodada, a Bélgica, já classificada, poupou os titulares, assim como os ingleses. A vitória suada sobre o Japão assustou àqueles que apostavam suas fichas numa ótima geração de jogadores belgas que após o fracasso na Copa de 2014 buscam seu "lugar ao sol" na Rússia. Para isso, terão de enfrentar seu maior desafio: o Brasil de Neymar e cia.

5- Croácia

Em quinto aparece o organizado time da Croácia, que goleou a Argentina na fase de grupos, e está classificado para as quartas de final da Copa do Mundo após duelo complicado nas oitavas. Após decidir vaga nos pênaltis, o time comandado por Modric enfrenta os anfitriões e grande zebra desta fase, os russos. Na fase anterior, os adversários eliminaram os favoritos espanhóis.

6- Inglaterra

Em sexto, o único campeão do mundo no seu lado da chave, a Inglaterra sobreviveu no embate contra a Colômbia nas oitavas de final. A disputa chegou a ir para as penalidade após o English Team não conseguir segurar o ímpeto sulamericano no tempo normal, sofrendo empate nos acréscimos do tempo normal. A favor dos ingleses nestas quartas de final está o retrospecto do artilheiro desta Copa, Harry Kane, que é a aposta de gol dos ingleses no duelo contra a Suécia.

7- Suécia

Um time sem grande estrela, a Suécia, em penúltimo no ranking feito pelos jornalistas do O POVO, vem surpreendendo nesta Copa do Mundo. Resgatando os bons tempos do futebol sueco, finalista da Copa de 1958, o time chega às quartas de final após liderar o grupo que contava com Alemanha e México, já eliminados. Depois desses grandes feitos, a confiança aumentou e eliminar a Inglaterra se tornou um desejo nem tão difícil como outrora.

8- Rússia

Antes de iniciar a Copa do Mundo poucos acreditariam que a seleção anfitriã fizesse boa campanha. Depois de estrear aplicando sonora goleada, os russos foram abraçados pela torcida e ganharam cada vez mais confiança. Só não conseguiram convencer ainda os jornalistas do O POVO, que colocaram a seleção como a mais fraca dessa fase. Com a classificação às oitavas de final garantida, o duelo contra a Espanha parecia uma inevitável eliminação para os bravos russos que surpreenderam ao conseguirem chegar ao mata-mata. A classificação para as quartas de final, eliminando um dos grandes favoritos, foi uma mostra do quanto o futebol pode surpreender. Mas será que esse time pode continuar a boa campanha? Veremos no sábado, 7, contra a Croácia.

Confira como votou:
Fernando Graziani
1- Brasil
2- França
3- Uruguai
4- Bélgica
5- Inglaterra
6- Suécia
7- Croácia
8- Rússia

Bruno Balacó
1- Brasil
2- França
3- Bélgica
4- Inglaterra
5- Croácia
6- Uruguai
7- Suécia
8- Rússia

Ana Flávia Gomes
1- Brasil
2- França
3- Uruguai
4- Bélgica
5- Croácia
6- Inglaterra
7- Suécia
8- Rússia

André Bloc
1- Brasil
2- Uruguai
3- Bélgica
4- França
5- Croácia
6- Inglaterra
7- Suécia
8- Rússia

Lucas Mota
1- Brasil
2- França
3- Uruguai
4- Bélgica
5- Inglaterra
6- Croácia
7- Suécia
8- Rússia

Brenno Rebouças
1- França
2- Brasil
3- Uruguai
4- Croácia
5- Bélgica
6- Inglaterra
7- Suécia
8- Rússia

Igor Cavalcante
1- Brasil
2- Uruguai
3- França
4- Bélgica
5- Croácia
6- Inglaterra
7- Suécia
8-  Rússia

SAMUEL PIMENTEL

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Anúncio Google

Post Top Ad

Your Ad Spot

Páginas