ANÚNCIOS

Últimas Notícias

Mulher com consumo médio de R$ 50 em água é surpreendida com conta de R$ 19 mil no Ceará


A  técnica de enfermagem Brena Oliveira levou um susto ao receber a conta de água neste mês de maio. O valor saltou de R$ 50,91 em abril para exatos R$ 19.035, 95.

Morando desde março deste ano com uma colega no Bairro Parangaba, em Fortaleza, Brena, 22 anos, conta que R$ 23 dos R$ 50,91 da conta anterior se referiam ao serviço de religação do abastecimento de água do imóvel recém ocupado.

"Entrei em contato com o dono do residencial para ver se havia alguma cobrança anterior, mas ele disse que era a primeira vez que isso acontecia", diz Brena.

Dos R$ 19.035 que aparecem na conta deste mês, R$ 8.667, 70 foram pelo suposto consumo de água; os outros R$ 10.368,25 correspondem à tarifa de contingência, aplicada pela Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) aos consumidores que utilizam água acima de uma meta mensal de economia, que no caso da residência onde Brena mora é de 10 m³.

Vistoria no imóvel
A Cagece informou ao G1 que vai enviar uma equipe à residência da cliente para fazer uma vistoria no imóvel e verificar se houve algum erro na medição. Caso seja constatada a falha, o cliente pode denunciar pelo número de telefone 0800.275.0195.

Brena Oliveira disse que entrou em contato com a Cagece por telefone, que prometeu uma visita técnica em até cinco dias para verificar o que pode ter acontecido. Ainda assim, Brena afirmou que iria procurar o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon).

"Quero saber de onde eles tiraram esse valor. Aqui em casa está tudo normal, aparentemente nenhum vazamento em torneira, nem nada", comenta Brena.


Por Ranniery Melo, G1 CE

Nenhum comentário