Últimas Notícias

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Jovem é morta e o assassino transporta o corpo numa motocicleta até uma lagoa

Policiais da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) caçam um homem suspeito de assassinar a ex-companheira na madrugada desta terça-feira (2) e, horas depois, circular com o corpo da vítima na garupa de sua motocicleta até, finalmente, tentar ocultar o cadáver nas margens de uma lagoa. O crime brutal ocorreu no bairro Mondubim, na zona Sul de Fortaleza.

Conforme o relato de moradores, no começo da tarde, o homem foi visto trafegando na sua motocicleta com o corpo da vítima, que apresentava muitas lesões compatíveis com espancamento. Ele chegou a parar algumas vezes para perguntar para populares onde poderia encontrar uma farmácia. A Polícia foi acionada e começou a procurar o agressor.

Depois de “desovar” o corpo da vítima nas margens da Lagoa da Libânia, o motoqueiro desapareceu. Com a chegada da Polícia ao local, a vítima foi identificada e, em seguida, reconhecida por familiares. Tratava-se da jovem Estefhany Brito, 22 anos.

Agressões

O suspeito do crime é o ex-companheiro dela, identificado somente por Alberto. O casal conviveu por cinco anos e há cerca de seis meses estava separado. Mesmo assim, a garota, segundo os familiares, vivia sendo perseguida, agredida e ameaçada por Alberto e, na noite do Ano-Novo os dois voltaram a se encontrar, quando, então, ele espancou a mulher até a morte e no dia seguinte tratou de ocultar o corpo.

Com o assassinato de Estefhany, subiu para três o número de mulheres assassinadas no Ceará em apenas dois dias de 2018. Na madrugada da virada do ano, duas jovens foram executadas, a tiros, no bairro Vila Velha 4, na zona Oeste de Fortaleza. O crime aconteceu por volta de 3h30, na Avenida Major Assis. A Polícia não tem, ainda, pistas do autor ou autores do duplo homicídio.

Fonte cearanews7

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Anúncio Google

Post Top Ad

Your Ad Spot

Páginas