Últimas Notícias

segunda-feira, setembro 06, 2021

VÍDEO: comerciante segura criança que corria em direção à pista com carro em movimento no Ceará



Comerciante salva criança de atropelamento em avenida na cidade de São Benedito

 

 

Um comerciante salvou uma criança de cerca de três anos de um atropelamento na Avenida Júlio Filizola, na cidade de São Benedito, no interior do Ceará. O caso ocorreu na tarde do último sábado (4) e foi flagrado pelas câmeras de segurança de uma churrascaria. (Assista no vídeo acima)

 

Genaldo Borges, que protegeu a criança, estava de costa para criança quando foi alertado pelo cunhado sobre o risco do acidente.

 

"Eu estava batendo um papo, na maior normalidade, fui amarrar uma liga na mota e meu cunhado gritou 'Olha a criança!'. Foi quando ouvi o carro buzinando e corri num impulso", disse.

 

Ele entregou a criança à vizinha, uma senhora responsável. "Segurei a mão da criança, só soltei quando foi na mão da avó. Depois eu fiquei nervoso, parado por mais de um minuto, eu estava com as pernas tremendo, não conseguia nem andar", lembra Genaldo.

 

Menino correu em direção a Avenida Francisco Júlio Filizola, na cidade Sã Benedito, no momento em que passava um carro — Foto: Reprodução

Menino correu em direção a Avenida Francisco Júlio Filizola, na cidade Sã Benedito, no momento em que passava um carro — Foto: Reprodução

 

 

Bebê de 3 meses é salva por PMs após se engasgar em Fortaleza

As imagens mostram o garoto caminhando sozinho em uma calçada, acompanhando um cachorro. Em seguida, o comerciante Genaldo Borges sai do estabelecimento e fica próximo a uma motocicleta, se preparando para deixar o local. Nesse momento, a criança volta correndo em direção à pista.

 

Genaldo corre e consegue segurar o braço do garoto, para que ele não fosse atropelado por um carro que passava na via.

 

O garoto não ficou ferido e, momentos após o ocorrido, uma mulher pegou o menino e saiu do local com ele.

 

O comerciante é pai de uma criança de dois anos e sete meses, idade aproximada do garoto que ele salvou. "Senti como se fosse minha criança, poderia ter sido o meu filho. A gente sente como se fosse da gente", afirma.

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Your Ad Spot

Páginas