Últimas Notícias

segunda-feira, janeiro 27, 2020

Mapa da Violência mostra Fortaleza, entre as capitais, com a maior queda em homicídios


Quarenta e quatro cidades do Ceará se destacaram, no período de janeiro a setembro de 2019, entre os mais de 700 municípios brasileiros citados no Mapa da Violência com queda no número de assassinatos. Os dados, que não incluem informações correspondentes aos meses de outubro, novembro e dezembro do ano passado, são do Ministério da Justiça e estão em uma reportagem do Jornal O Globo, publicada nesse domingo.

As medidas instituídas pelo Governo do Estado, com o apoio do Ministério da Justiça, contribuíram para conter a onda de criminalidade na capital cearense: de acordo com os números, Fortaleza tem, entre as 26 capitais e o Distrito Federal, o maior percentual – 57,5%, de redução da quantidade de homicídios. Entre janeiro e setembro de 2018, a capital cearense registrou 1.133 assassinatos, enquanto, nesse mesmo período de 2019, foram 478 crimes de mortes.

Quatro municípios do Ceará – Santa Quitéria, Amontada, Trairi e Itapipoca, entram no Mapa da Violência pelo aspecto negativo: em Amontada, entre janeiro e setembro de 2018, foram quatro homicídios, sendo que, no mesmo período de 2019, pelas informações do Ministério de Justiça, a cidade teve 10 pessoas assassinadas. O Trairi com 19 casos em 2018 e 22 em 2019 (+15,8%). O município de Santa Quitéria passou de um para três homicídios, enquanto Itapipoca, também, na Região Norte do Estado, saiu de 12 crimes de mortes para 19, um aumento de 58,3%.

Se as estatísticas são negativas para Santa Quitéria, Amontada, Trairi e Itapipoca, em outra direção – com dados bem positivos, estão a pequena cidade de Mauriti, na Região Sul do Estado, que nos anos de 2018 e 2019, no período compreendido entre janeiro e setembro, não registrou um só assassinato. Destaque positivo, ainda, para Ipu que, em 2018, teve 9 homicídios e, de janeiro a setembro de 2019, nenhum assassinato. A cidade de Morada Nova, na região jaguaribana, não registrou homicídio no ano passado, contra um assassinato, de janeiro a setembro de 2018.





Número de homicídios nos municípios do Ceará com mais de 40 mil habitantes

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Anúncio Google

Post Top Ad

Your Ad Spot

Páginas