Últimas Notícias

08 dezembro 2018

Família pernambucana é morta após ter sido feita de refém em ataque em Milagres


As vítimas voltavam para Serra Talhada, interior de Pernambuco quando foram abordados pelos bandidos na BR-116

Uma família pernambucana foi feita refém e morta durante a troca de tiros nos ataques a bancos em Milagres, no Cariri. Eles voltavam para Serra Talhada, interior de Pernambuco, após buscarem parentes no Aeroporto de Juazeiro do Norte, quando foram abordados pelos criminosos na BR-116.
As vítimas são o empresário do ramo de informática João Batista Magalhães, o filho dele, Vinícius Magalhães, de apenas 14 anos, além de uma cunhada e um sobrinho do empreendedor. Ao todo, 12 pessoas morreram. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), seis eram criminosos e o resto reféns. Tirando a família de Pernambucano, não se sabem informações sobre os outros dois reféns mortos.

Os assaltantes roubaram um caminhão de uma transportadora e bloquearam a BR-116 no quilômetro 495 entre os municípios de Milagres e Brejo Santo para atrasar a chegada da Polícia na ocorrência. Este foi que os pernambucanos foram rendidos pelo grupo criminoso.

Policiais Militares (PMs) trocaram tiros com a quadrilha, que teve o assalto frustrado. O clima na Cidade é de medo. A Prefeitura de Milagres publicou comunicado pedindo que moradores permaneçam em casa e suspendendo o expediente de repartições públicas. Escolas também tiveram aulas canceladas.

Redação O POVO Online
com Jornal do Commércio
Via Rede Nordeste



Nenhum comentário:

Postar um comentário



Anúncio Google

Post Top Ad

Your Ad Spot

Páginas