Últimas Notícias

TV SERRANA

03 outubro 2018

Homem esfaqueia ex-mulher, mata mototaxista e se suicida ao se jogar na frente de caminhão na BR-101, no RN


Mortes foram registradas pela Polícia Militar na manhã desta terça-feira (2) na Grande Natal.
Um homem de 52 anos se suicidou na manhã desta terça-feira (2) ao se jogar na frente de um caminhão na BR-101, no limite entre os municípios de Goianinha e Arez, na Grande Natal. O homem se matou, segundo a Polícia Militar, após ele esfaquear sua ex-mulher e um mototaxista. Ambos foram socorridos, mas o mototaxista não resistiu aos ferimentos.

Ainda de acordo com a PM, a mulher e o mototaxista foram atacados por Gelson Martins, fato ocorrido no início da manhã em Laranjeira do Abdias, comunidade rural de São José de Mipibu, município que também faz parte da região metropolitana da capital potiguar.
Segundo o delegado Marcos Geriz, titular da DP de São José de Mipibu, o primeiro ataque aconteceu em um roçado onde a ex-mulher estava trabalhando. “Inconformado com o fim do casamento, o Gelson foi lá, discutiu com ela e a agrediu com várias facadas”, disse. “Depois, ainda enfurecido, quando passava pela principal praça de mototáxis da comunidade, perto de onde morava, o Gelson avistou o Luiz, que era desafeto dele há algum tempo, e também o esfaqueou. Em seguida, ainda de moto, foi até a BR-101 e se jogou embaixo do primeiro caminhão que passou”, acrescentou o delegado.
A mulher e o mototaxista esfaqueados foram socorridos para hospitais da região. Ela, para o Hospital Regional Deoclécio Marques, em Parnamirim, onde permanece internada. A família disse que ela levou mais de 10 facadas, mas ainda não há informações sobre o estado de saúde dela. O mototaxista foi socorrido para o hospital de Brejinho, mas morreu antes mesmo de dar entrada na unidade.
Gelson e a ex-mulher foram casados por 18 anos e tiveram dois filhos. Parentes dela contam que, durante todos estes anos, foram inúmeras as agressões que ela sofreu e a relação chegou ao fim várias vezes, mas o casamento sempre era reatado. A última separação aconteceu faz um mês, e Gelson estava inconformado com isso.
Já o mototaxista, foi identificado como Luiz Gonzaga de Oliveira, de 53 anos. Ele foi atacado em um ponto de motos a poucos metros da casa do agressor. Luiz deixa mulher e uma filha.
Na cidade, moradores dizem que o mototaxista e Gelson teriam se desentendido há alguns meses.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Anúncio Google

Post Top Ad

Your Ad Spot

Páginas