Últimas Notícias

quarta-feira, 29 de agosto de 2018

Cabo da PM baleado e morto por colegas de farda ao ser confundido na hora do assalto


Pela segunda vez neste ano, um policial militar do Ceará é morto pelos próprios colegas de farda, numa nova ação desastrosa de PMs nas ruas de Fortaleza. ADesta vez, a vítima foi o cabo Paulo Alberto Marques Albuquerque, destacado no Batalhão de Policiamento Turístico (BPTUR).  Após sacar sua arma e atirar quando bandidos que tentaram assaltá-lo, o cabo foi alvejado por PMs de uma viatura pertencente ao 21º Batalhão (Parangaba). Depois de socorrido pelos próprios colegas, o cabo Albuquerque faleceu na madrugada desta quarta-feira (29) no Instituto Doutor José Frota (IJF-Centro).

A tentativa de assalto contra o militar ocorreu no começo da madrugada de hoje na Rua Joaquim Moreira de Sousa, no bairro Parangaba. As informações dão conta de que o militar, que estava de folga e à paisana, reagiu a uma tentativa de assalto.  O cabo sacou sua pistola e efetuou alguns tiros em direção aos bandidos, que acabaram fugindo.

Contudo, no momento dos disparos, a viatura prefixo 21021, do 21º BPM,  passava pelo local e os militares visualizaram o homem correndo com uma arma na mão. Nesse momento, um dos policiais que formavam a patrulha disparou dois tiros contra o cabo Albuquerque, que teria sido confundido como assaltante.

Baleado

Baleado, o militar se identificou para os colegas de fardas e foi por estes  socorrido para o hospital “Frotinha” de Parangaba, onde deu entrada na Emergência apresentando dois tiros, um deles no abdome e outro na perna. Em estado grave, o militar foi entubado e estabilizado e transferido para o IJF-Centro, onde faleceu por volta de 2h50 durante a realização de uma cirurgia.

Ainda durante a madrugada, os policiais que formavam a composição da patrulha 21021 foram conduzidos ao Quartel do Comando do Policiamento da Capital (CPC), Centro, pelo supervisor de plantão no policiamento da cidade, major PM Alcântara. Prestaram declarações e foram liberados.

O corpo do cabo Albuquerque já foi encaminhado à sede da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) e será examinado pelos legistas da Coordenadoria de Medicina Legal (Comel) na manhã desta quarta-feira. Depois, liberado para sepultamento.

Cabo Albuquerque é o quatro PM morto no Ceará em menos de uma semana. Na última quinta-feira, três militares foram assassinados dentro de uma churrascaria no bairro Vila Manuel Sátiro, na zona Sul de Fortaleza.

O primeiro caso

Na noite de 24 de fevereiro último, um sábado, um policial militar cearense foi morto por colegas de farda. Tratava-se do sargento Francisco Wagner Alves de Araújo, destacado no Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual (BPRE). Ele acabou sendo baleado e morto por policiais do Batalhão Raio (BPRaio) ao reagir à voz de prisão nas cercanias de um motel. O caso ocorreu na BR-020, no Conjunto Nova Metrópole, em Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).

Veja a seguir a lista dos agentes da Segurança Pública mortos em 2018 no Ceará:

01 – (20/01) – PETRONÍLIO LEONARDO DA SILVA NETO – 63 anos, policial militar da Reserva Remunerada da PM, morto durante assalto na Rua 102 do Conjunto Esperança.

02 – (24/02) – FRANCISCO WAGNER ALVES DE ARAÚJO – Sargento da Ativa da Polícia Militar, destacado no Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual (BPRE). Morto por policiais do BPRaio  no viaduto da BR-020, no Conjunto Nova Metrópole, em Caucaia.

03 – (1º/03) – MARCOS ANTÔNIO DE SOUSA RIBEIRO – Policial militar assassinado por bandidos quando chegava em sua residência, na Rua Catolé, no bairro Conjunto Palmeiras (Jangurussu). Foi uma execução sumária.

04 – (02/03) – CARLOS ANTÔNIO BEZERRA – agente penitenciário da Cadeia Pública da cidade de Orós, é emboscado e morto a tiros logo após sair do plantão noturno naquela unidade. Crime praticado por ordem de um presidiário.

05 – (21/03) – GLEDSON MARTINS DE SENA –  47 anos, ex-policial militar, assassinado, a tiros, na cidade de Iguatu. Execução sumária.

06 – (1º/05) – FRANCISCO BONIVARDE CASTELO BRANCO NAUM – 28 anos, Sargento da Ativa da Polícia Militar. Morto a tiros em uma barraca de praia, na Praia do Futuro, por um policial civil, identificado como inspetor Egberto Setúbal Freitas, 25.

07 – (14/05) – LUIZ DE FRANÇA DUARTE FILHO – 30 anos, guarda municipal de São Gonçalo do Amarante, foi assassinado a tiros, na porta de casa, no bairro Itambé, em Caucaia.

08 (07/07) – GONÇALO SILVA NETO, 47 anos,  inspetor da Guarda Municipal de Sobral, morre na Santa Casa de Sobral após ser baleado, no dia 2/7/ durante um tiroteio na porta de sua residência.

09 – (29/07) – JUCIANO DE LIMA BARBOSA – Subtenente da Reserva Remunerada da PM, morto a tiros quando comemorava o aniversário de um filho em um bar na Rua Dom Xisto Albano, na Vila Peri, zona Sul da Capital.

10– (04/08) – JOSÉ LUCEMIR DA SILVA RODRIGUES – 42 anos, Guarda Municipal de Acarape, assassinado a tiros quando visitava familiares em uma residência localizada no Parque Soledade, no Município de Caucaia. Execução sumária.

11/12/13 – (23/08) – ANTÔNIO CÉZAR OLIVEIRA GOMES, 50 anos, 2º tenente da Reserva remunerada da PM; SANDERLEU CAVALCANTE SAMPAIO, 46 anos, subtenente da Ativa da PM; JOSÉ AUGUSTO DE LIMA, 58 anos, sargento da Reserva Remunerada da PM – os três PMs foram assassinados dentro de um restaurante na Rua Padre Arimatéia, esquina com Rua São Manoel, no bairro Vila Manuel Sátiro, em Fortaleza, quando almoçavam. O crime teria sido ordenado pela facção criminosa GDE de dentro de um presídio do Complexo Penitenciário de Pacatuba, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).

14 – (29/8) – PAULO ALBERTO MARQUES ALBUQUERQUE – Cabo da Ativada da PM, destacado no Batalhão de Policiamento Turístico (BPTUR). Foi baleado pelos próprios colegas de farda (da RP-21021) na Rua Joaquim Moreira de Sousa, no bairro Parangaba. Ele reagiu a um assalto, mas foi confundido pelos colegas e baleado. Morreu no IJF-Centro



por: cearanews7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Anúncio Google

Post Top Ad

Your Ad Spot

Páginas