Últimas Notícias

24 maio 2018

Petrobras anuncia redução de 10% no diesel por 15 dias


Preço do combustível ficará congelado por 15 dias, segundo o presidente da estatal

O presidente da Petrobras, Pedro Parente, anunciou, na noite desta quarta-feira (23), que a estatal reduzirá em 10% o valor do diesel nas refinarias. A medida, conforme ele, é um "gesto de boa vontade" para aliviar a crise em meio aos protestos de caminhoneiros em todo o País devido ao valor dos combustíveis.

A redução representa menos de R$ 0,26 no litro do diesel. "São R$ 0,23 na refinaria da Petrobras e a gente entende que, considerando que o imposto que incide, tem que reduzir também, terá um impacto maior de redução para o consumidor, chegando a R$ 0,25", afirmou Parente, em coletiva de imprensa, no Rio de Janeiro.

Conforme o presidente da Petrobras, o preço do diesel permanecerá fixo por 15 dias, "sem hipótese de reversão da decisão", que foi tomada, segundo Parente, sem interferência do governo. O impacto financeiro, conforme as especulações da estatal, será de aproximadamente R$ 350 milhões, no período.

>Mesmo após Petrobras anunciar redução, gasolina volta a subir na Capital e atinge R$ 4,89

A greve dos caminhoneiros começou na segunda-feira (21) e gera desabastecimento em vários setores. Nesta quarta, postos de gasolina e aeroportos afirmaram estar começando a sofrer com a falta de combustíveis. "Estamos oferecendo à sociedade e aos consumidores a redução, desde que as demais etapas transmitam a redução", disse Parente.

Mais cedo, houve reunião entre os grevistas e o governo, porém não houve acordo. O presidente Michel Temer (MDB) disse que pediu uma trégua de três dias, mas os grevistas não aceitaram. Na terça-feira (22), o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (MDB-RJ), e do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), acordaram a redução do Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) sobre o diesel.

Red; DN

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Anúncio Google

Post Top Ad

Your Ad Spot

Páginas