Últimas Notícias

quarta-feira, 25 de abril de 2018

Polícia captura os dois suspeitos de matar diretor do Fortaleza



Um deles é um adolescente de 16 anos, e foi encontrado em Morada Nova


Os dois suspeitos de participarem do latrocínio (roubo seguido de morte) do empresário e diretor do Fortaleza Esporte Clube, Roberto Mamede Studart Soares, foram capturados na madrugada desta terça-feira (24). Segundo a Polícia Civil, que investigou o caso através da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), um dos envolvidos é Luis Djacy Rodrigues de Sousa Júnior, de 23 anos, que já tinha duas passagens por roubo. O outro é um adolescente de 16 anos, que já respondeu por atos infracionais inerentes aos crimes de roubo, tentativa de roubo e receptação.

Empresário e diretor do Fortaleza é morto em assalto

Conforme o delegado Leonardo Barreto, titular da DHPP, a vítima foi morta após ser alvejada com três tiros disparados pelo adolescente, que tinha Luis Djacy dando cobertura em uma motocicleta. Em depoimento, ambos confessaram participação no latrocínio. "Admitiram a autoria delitiva e deram detalhes da ação criminosa. Eles foram ouvidos, assim como as testemunhas, e as histórias são coincidentes", afirmou o delegado.

O adolescente, autor dos disparos que mataram Roberto Studart, foi capturado em Morada Nova, município localizado na região Jaguaribana, informou a Polícia Civil. Já Luis Djacy foi preso no bairro José Walter, em Fortaleza, sendo autuado por latrocínio e corrupção de menor. A motocicleta usada na ação criminosa foi apreendida, mas os agentes de segurança ainda não localizaram a arma do crime.

Betinho Studart, como era conhecido, foi morto a tiros durante uma 'saidinha bancária' ( Foto: Reinaldo Jorge )
07:49 · 24.04.2018 / atualizado às 16:13

Roberto Studart era conselheiro e diretor de Esportes Amadores e Olímpicos do Fortaleza ( Foto: Reprodução/TV Diário )
Os dois suspeitos de participarem do latrocínio (roubo seguido de morte) do empresário e diretor do Fortaleza Esporte Clube, Roberto Mamede Studart Soares, foram capturados na madrugada desta terça-feira (24). Segundo a Polícia Civil, que investigou o caso através da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), um dos envolvidos é Luis Djacy Rodrigues de Sousa Júnior, de 23 anos, que já tinha duas passagens por roubo. O outro é um adolescente de 16 anos, que já respondeu por atos infracionais inerentes aos crimes de roubo, tentativa de roubo e receptação.

> Empresário e diretor do Fortaleza é morto em assalto

Conforme o delegado Leonardo Barreto, titular da DHPP, a vítima foi morta após ser alvejada com três tiros disparados pelo adolescente, que tinha Luis Djacy dando cobertura em uma motocicleta. Em depoimento, ambos confessaram participação no latrocínio. "Admitiram a autoria delitiva e deram detalhes da ação criminosa. Eles foram ouvidos, assim como as testemunhas, e as histórias são coincidentes", afirmou o delegado.

O adolescente, autor dos disparos que mataram Roberto Studart, foi capturado em Morada Nova, município localizado na região Jaguaribana, informou a Polícia Civil. Já Luis Djacy foi preso no bairro José Walter, em Fortaleza, sendo autuado por latrocínio e corrupção de menor. A motocicleta usada na ação criminosa foi apreendida, mas os agentes de segurança ainda não localizaram a arma do crime.

Investigações

video
Segundo a Políca Civil, os dois foram encontrados após diligências de equipes da DHPP e da Unidade Tático Operacional (UTO), que chegaram à dupla através do trabalho do departamento de Inteligência da PCCE e de informações de populares.

Em coletiva realizada nesta manhã, o secretário da Segurança Pública do Estado, André Costa, destacou o rápido trabalho da polícia e o baixo número de 'saidinhas bancárias' no Estado ao longo deste ano: apenas três. "Já estamos chegando em maio e temos esse baixo número. Sabemos que nos anos anteriores eram números maiores. Infelizmente, um cidadão de bem reagiu e morreu", disse o secretário.

Vítima foi morta em "saidinha bancária"

video

Betinho Studart, como era conhecido, era conselheiro e diretor de Esportes Amadores e Olímpicos do Fortaleza. Ele foi morto a tiros durante uma 'saidinha bancária' ao sair de uma agência do Banco do Brasil, no Papicu, na tarde desta segunda-feira (23).

Imagens das câmeras de segurança dos estabelecimentos do entorno mostram que, por volta das 14h30, a vítima saía do banco localizado entre a Avenida Santos Dumont e Rua Júlio Azevedo. Segundos após entrar no carro, um homem, correndo, foi até a direção da vítima e a abordou.

A vítima chegou a sair do carro e lutou com o criminoso. Porém, em poucos segundos, foi alvejado com disparos de arma de fogo e cai. Nas imagens, é possível ver um outro homem vindo em uma moto de cor preta, passando ao lado do corpo e auxiliando na fuga do responsável pelos tiros. Testemunhas disseram ter escutado, pelo menos, quatro disparos.

Red; DN

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Anúncio Google

Post Top Ad

Your Ad Spot

Páginas