Últimas Notícias

11 junho 2017

Cai vazão do Castanhão para atender à Região Metropolitana de Fortaleza

A vazão do Açude Castanhão para atender à Região Metropolitana de Fortaleza cai de 5 para 4 metros cúbicos por segundo, por meio do Rio Jaguaribe, e fica ainda menor através do Canal do Trabalhador em 3 metros cúbicos por segundo. A decisão foi tomada em uma votação do Conselho Estadual dos Recursos Hídrico, em reunião extraordinária ocorrida na sede da Secretaria de Recursos Hídricos, no Cambeba.

A redução foi explicada pelo titular da Secretaria de Recursos Hídricos, Francisco Teixeira, como parte das medidas estratégicas para evitar o colapso no abastecimento na Região Metropolitana, haja vista que a quadra chuvosa deste ano não representou em recargas significativas para os principais reservatórios do Estado, especialmente o Castanhão.

A votação foi consensual, levando em conta a grave crise hídrica vivida no Ceará, após cinco anos de seca consecutivos e um ano de chuvas que não atenderam às áreas onde estão os maiores açudes.

O Coner volta a se reunir nesta quarta-feira, quando serão debatidas as outorgas de concessão de água para pequenos produtores. Já em dezembro, a reunião deverá definir ou renovar os níveis de vazão do Açude do Castanhão. Francisco Teixeira explicou que a medida se soma às demais ações em desenvolvimento voltadas para diminuir a dependência de alguns municípios onde há polos industriais das águas do Castanhão e outros grandes reservatórios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Anúncio Google

Post Top Ad

Your Ad Spot

Páginas