Últimas Notícias

quinta-feira, 14 de julho de 2016

Madrugada de horror na Grande Fortaleza, com fugas e ataques em delegacias, presídio e sede da Guarda Municipal

Na sede da Guarda Municipal de Fortaleza, o clima era tenso logo após o atentado
Uma madrugada de horror e violência foi registrada na Capital cearense e sua Região Metropolitana. Uma sequência de fugas, atentados e tiroteios atingiram várias unidades da Segurança Pública e do Sistema Penitenciário. Uma delegacia foi metralhada, enquanto em outras duas houve fuga e tentativa. Já a sede da Guarda Municipal de Fotrlza foi atacada e uma fuga em massa ocorreu em um dos presídios da RMF.

A sequência de incidentes começou por volta das 22  horas em Caucaia, quando cerca de 60 presos confinados na Delegacia Metropolitana tentaram escapar, mas foram impedidos graças a ação rápida da Polícia Militar. Em meio a muitos tiros disparados pelos militares, os presos recuaram para os xadrezes e o plano foi abortado.

Contudo, por volta de zero hora, outra delegacia acabou sendo alvo de um atentado. O fato ocorreu no 23º DP (Conjunto Nova Metrópole), onde bandidos que ocupavam dois veículos, entre eles um táxi, passaram atirando contra a unidade. Vários disparos de pistola atingiram a viatura da delegacia, mas não houve feridos nem fugas.

Mais tarde, por volta de 1h30, cinco presos conseguiram fugir da carceragem do 10º DP (Antônio Bezerra). Eles serraram as grades das celas e escaparam. Na delegacia havia cerca de 15 presos, conforme informou o policial de plantão.

Tiros e fuga coletiva

Por volta de  0h45, o alvo dos criminosos foi a sede da Guarda Municipal de Fortaleza (GMF), localizada na Rua Delmiro de Farias, no bairro Rodolfo Teófilo, na Capital. O local foi invadido por cerca de 10 homens encapuzados, que dispararam suas armas contra os agentes que estavam de plantão. Os guardas conseguiram se abrigar e pedir reforço.

Várias patrulhas da própria instituição e viaturas do Ronda do Quarteirão chegaram rapidamente no local. Os criminosos fugiram.  Após o atentado, os guardas localizaram um carregador de pistola, perdido por um dos atiradores.

Ainda na madrugada, uma fuga em massa ocorreu no Instituto Presídio Professor Olavo Oliveira Dois (IPPOO 2), localizado no Município de Itaitinga. Informações ainda não confirmadas pelas autoridades indicam que mais de uma centena de detentos podem ter escapado em meio à escuridão e aos tiros disparados pela guarda do presídio.

Outra fuga de preso aconteceu no Interior do Estado. Quatro internos escaparam da Cadeia Pública da cidade de Tabuleiro do Norte (a 216Km de Fortaleza). Nenhum deles foi recapturado.

Por FERNANDO RIBEIRO

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Anúncio Google

Post Top Ad

Your Ad Spot

Páginas