Últimas Notícias

TV SERRANA

14 julho 2016

Cidade sem lei: omissão do poder público contribui para invasão de terras

Diversos terrenos públicos na sede urbana do município de Icó estão sendo invadidos por pessoas diversas. No Centro Gerencial do DNOCS, dezenas de famílias já iniciaram construções de casas e outras cercaram pedaços de terra, com apenas  uma corda. A mesma situação está acontecendo no Bairro Uberlândia, no DENIT, no bairro Santa Luíza de Marilac, Conjunto GAMA, entre outros.

Outra situação grave é a invasão de parte do leito do Rio Salgado, por um cidadão conhecido como Raimundo Feliz. A situação grave parece ser desconsiderada pelo atual gestor do município,  Jaime Júnior, que tem fechado os olhos para a situação de invasões de terras no município.

Segundo o advogado Fabrício Moreira Costa, em quatro anos de mandato, o prefeito Jaime Júnior não construiu nenhuma casa no município, daí a existência de tantas invasões. “Mas até entendo, o povo humilde de Icó precisa de um terreno para a construção de sua casa própria”, observa.

Ele pontua que o Projeto Minha Casa Minha Vida, alocado no final da gestão do ex-prefeito Marcos Nunes, que conta com 648 moradias populares, encontra-se abandonado pelo prefeito.

“Nunca se observou, nos últimos 50 anos, tanta ausência do poder público e da própria pessoa do prefeito municipal, na vida cotidiana dos icoenses. O resultado é o que estamos vivenciando: um município entregue a sua própria sorte”, afirma o advogado.

A reportagem tentou manter contado com a administração de Icó, mas os telefonemas não foram atendidos na sede da Prefeitura.
Ceara agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Anúncio Google

Post Top Ad

Your Ad Spot

Páginas