Cearense grávida de oito meses é resgatada de ilha devastada pelo furacão Irma

terça-feira, 12 de setembro de 2017

Ela e a família foram resgatados por meio de avião particular. Agora está na Ilha de Santa Lúcia, no Caribe.
A cearense Zana Guterres Herbol, que está grávida de oito meses e mora com a família em Tortola, nas Ilhas Virgens Britânicas, foi resgatada na tarde desta segunda-feira (11), em um avião enviado pela empresa em que o marido da Zana trabalha. Agora, ela está na Ilha de Santa Lúcia. Quatro dias após a passagem do furacão Irma pelo Caribe, a cearense disse que toda a ilha ficou destruída.
De acordo com a irmã de Zana, Sylvia Guterres, o desespero deu lugar ao alívio. “Foi uma emoção muito grande. Na hora que a minha irmã ligou e disse: pronto, estamos a salvo, estamos chegando em um lugar seguro, eu não sei nem descrever. Eu pulava de alegria, eu gritava de alegria. Foi muito maravilhoso”, relata Sylvia.

A ligação foi por volta das 15 horas desta segunda. Maria Ozana, conhecida como Zana, morava com o marido e a filha de 4 anos nas Ilhas Virgens Britânicas, no Caribe, quando o furacão Irma atingiu a região. Parentes que moram no Ceará ficaram mais de 24 horas sem nenhum contato com eles.
“A ligação foi muito rápida, eles tinham acabado de descer, de pousar, acabado de descer do avião. A gente via o avião no fundo porque foi uma ligação com vídeo e ela ainda tava indo passar pela alfândega, fazer liberação de documentos, essas coisas”
Zana confirmou o resgate e disse que está aliviada. “Foi um susto grande. Estou muito aliviada. Finalmente, a gente conseguiu sair de lá, eu não acreditava que iria dar certo. A gente foi para o aeroporto esperar, ficamos lá umas três horas, acho, até que deu certo. Foi um voo curto de uma hora e meia. Estamos salvos, aqui não teve furacão, a ilha não foi atingida, e está tudo tranquilo. Finalmente, Graças a Deus.”

A mãe de Zana, Fátima Aguiar, diz que está menos angustiada e que pensa agora apenas em abraçar a filha. “Tudo que eu gostaria era poder fazer isso agora. Mas, já estou conformada, porque ela está bem. Sei que qualquer hora eu vou dar esse abraço. Está mais perto do que longe”
Furacão Irma
O furacão causou 27 mortes nas ilhas caribenhas e três nos EUA. Na manhã deste domingo (10), o olho do Irma chegou às ilhas do Sul da Flórida, e vai atingir a costa sudoeste da Flórida nesta tarde, segundo o Centro Nacional de Furacões dos EUA. (acompanhe no G1).
Autoridades disseram que o impacto na costa dos EUA será ‘devastador’. Na Flórida, 1,43 milhão de pessoas ficaram sem eletricidade.

G1

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



POSTO RIACHUELO EM IRACEMA

ULTRAGAZ EM IRACEMA-CE

ADAS MOTOS EM IRACEMA-CE