Cidade abandonada: Praça do Ferreira abriga 247 sem-tetos

sábado, 26 de agosto de 2017

Um dos principais cartões postais de Fortaleza, a Praça do Ferreira, está largada à própria sorte. O espaço público hoje é disputado por 247 pessoas em situação de rua. Transeuntes desavisados deparam com cenas de brigas por espaços, roupas penduradas nas árvores e bancos sendo utilizados como cama. A noite a situação piora, pois todos se concentram no local. Há distribuição de sopa, por entidades filantrópicas. A situação já perdura a alguns anos, sem que a Prefeitura de Fortaleza tome a frente da situação.

Neste ano, a Secretaria de Desenvolvimento Social, Direitos Humanos e Combate à Fome (SDHDS) realizou um estudo sobre pessoas em situação de rua no Centro da Capital, quando foram levantadas que 247 pessoas, entre homens e mulheres, estão literalmente morando na Praça do Ferreira.

Quando instada a resolver a questão, a prefeitura diz que não adianta resolver o problema da Praça do Ferreira e não resolver o problema das pessoas. Alega que se tirar as pessoas do local, elas com certeza voltarão ou elegerão outra praça para morar. Há anos que a prefeitura promete uma solução humana, mas até a presente data nada foi feito de concreto.


A sensação que o número de pedintes e sem-tetos têm aumentado em Fortaleza é uma realidade. A crise econômica, o desemprego seriam os responsáveis, mas não existe um censo atual que mostre a realidade. O último censo de moradores de rua realizado em Fortaleza, ocorreu em 2007, quando o Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) constatou que haviam 1.071 pessoas nessa situação. Fortaleza ficou na quinta colocação com a maior quantidade. Conforme o relatório do órgão federal, em todo o Brasil, a população de rua totalizava 31.922 adultos. A pesquisa contemplava apenas os maiores de 18 anos.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



POSTO RIACHUELO EM IRACEMA

ULTRAGAZ EM IRACEMA-CE

ADAS MOTOS EM IRACEMA-CE