Cearense é morto com flechada em São Paulo

sábado, 17 de setembro de 2016

Flecha que atingiu o pescoço de catador, assassinado no Centro de SP (Foto: Reprodução/Polícia Civil)
O vigilante que socorreu o catador de material reciclável morto com uma flecha nesta quarta-feira (14) no Centro de São Paulo afirmou ao G1 que viu um homem asiático discutir e apontar uma besta – arma que dispara flechas – para a vítima. Ademir Ribeiro Pontes foi atingido com uma flechada no pescoço.

"Vi um motorista asiático discutindo na língua dele com um senhor e apontando uma besta em sua direção", disse nesta quinta-feira (15) o vigilante que socorreu Ademir – que faria 64 anos nesta quinta, segundo o boletim de ocorrência do caso, registrado como assassinato no 2º Distrito Policial (DP), Bom Retiro.

Como a autoria do crime é desconhecida, o Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o caso. A polícia apura se o catador foi morto pelo motorista porque teria batido sua carroça sem querer no carro dele.

Câmeras de segurança

Imagens de câmeras de segurança obtidas pelo SPTV mostram o momento que o Peugeot prata para o trânsito na Rua Marmoré às 15h28. A flechada foi logo em seguida, mas o vídeo não mostra esse momento. Quinze minutos depois, o carro vira a esquina e sai em disparada.

Ademir nasceu em Santanda de Cariri, no Ceará e morava em Guarulhos, na Grande São Paulo, com filhas e netos.

A carroça dele estava cheia de material quando ocorreu o crime, e o material ficou com a filha da vítima. "Tinha 100 quilos aí, vendi", disse. Segundo moradores da região, há dez anos Ademir recolhia papelão e plástico para vender.


G1/CE

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



POSTO RIACHUELO EM IRACEMA

ULTRAGAZ EM IRACEMA-CE

ADAS MOTOS EM IRACEMA-CE