35KG DE EXPLOSIVOS SÃO APREENDIDOS EM QUIXADÁ

quinta-feira, 4 de agosto de 2016

A Polícia Civil deste Município da região do Sertão Central, localizado a 170 km de Fortaleza, vai iniciar hoje as investigações para chegar aos três suspeitos de roubo a banco que seriam responsáveis por um veículo abandonado, na madrugada de ontem, com 35 quilos de material explosivo. A delegada Ana Cláudia Nery comandará as investigações.

Patrulhas da Polícia Militar avistaram o carro em atitude suspeita e resolveram fazer a abordagem. No bairro Triângulo, o carro foi abandonado e os suspeitos fugiram.

Ao checar o que havia no interior do carro, os policiais encontraram um revolver calibre 38, munições e o material explosivo, disse o escrivão Taylon Ruschel, da Delegacia Regional de Polícia Civil (DRPC) de Quixadá. Dentro do carro também foram encontradas roupas camufladas e vários pares de tênis.

Equipes do Ronda do Quarteirão isolaram a área. Policiais do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) foram acionados para desarmar os explosivos. A equipe chegou por volta de cinco da manhã e, depois de quase duas horas de operação, os policiais conseguiram retirar o material. Conforme o comandante do Gate, major Antônio Cavalcante, "após uma análise primária do explosivista do grupo, foram localizados os explosivos no porta malas do carro totalizando 35 quilos de emulsão distribuídos em 175 cartuchos de 200g, 793 gramas de NP5 (cordel detonante) e três espoletas 08. (não foi localizado estopim).

Conforme o oficial, todo o material estava distribuído em três cargas explosivas reforçadas com o NP5 e cada carga com um imã. "O explosivo encontrava-se pronto para ser utilizado, faltando apenas a conexão do detonador com a carga principal", afirmou Cavalcante.

Investigação

De acordo com o escrivão Ruchel, a principal hipótese é de que o material seria usado para ações de roubo a banco e explosão de caixas eletrônicos. Três pessoas da cidade estão sendo investigadas. A Polícia confirmou também que veículo é da cidade de Quixadá e não apresentava queixa de roubo.

O carro estava em nome de Marlúcia Nascimento Silva, 42 anos. A mulher, moradora do bairro Campo Velho, foi presa na manhã de ontem depois que os policiais foram até a residência dela e encontraram um simulacro de arma de fogo. "Ela disse que havia emprestado o carro, mas não soube explicar como conhecia os suspeitos", disse o policial civil.


Fonte: Diário do Nordeste

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



POSTO RIACHUELO EM IRACEMA

ULTRAGAZ EM IRACEMA-CE

ADAS MOTOS EM IRACEMA-CE