Chá mais caro do mundo é vendido por quase 5 mil reais o grama

domingo, 15 de maio de 2016

Pagar 10 mil dólares (aproximadamente R$ 35 mil) em uma porção de chá parece algo surreal.



Entretanto, esse é o preço que alguns colecionadores estão dispostos a pagar para dar alguns goles em um chá chamado Da Hong Pao, talvez, o mais raro do mundo. Um único grama pode custar quase R$ 5 mil, o que faz com que essa bebida tenha valor 30 vezes maior do que o seu peso em ouro.

Mas, o que faz o Da Hong Pao um chá tão valioso? De acordo com o chinês mestre em chás, Xiangning Wu, trata-se principalmente da questão da raridade. São pouquíssimas as árvores Da Hong Pao no mundo. As mais antigas estão localizadas nas montanhas Wuyi, na China e são tão raras que já foram consideradas inestimáveis.


Dessa forma, os produtores de chá têm uma espécie de ritual anual especial para colher essa planta. Eles vão até as montanhas a cada primavera e oram para o deus do chá, Lu Yu, pedindo o nascimento de novos brotos. Relatos sugerem que as folhas são limpas com leite de cabra enquanto crescem. Após a colheita, são assadas e armazenas por até 80 anos para ganhar sabor.



De acordo com as lendas locais, esse chá possui um grande valor medicinal. Acredita-se que quando a mãe de um imperador da dinastia Ming ficou doente, ela foi curada pelo chá de Da Hong Pao. Após o incidente, o imperador cobriu os quatro arbustos que forneceram as folhas medicinais com grandes vestes vermelhas, dando origem ao nome do chá (‘Big Red Robe’ ou ‘Grande Manto Vermelho’).

Até 2005, apenas seis arbustos de Da Hong Pao cresciam entre as vertiginosas pedras das Montanhas Wuyi, e de acordo com os produtores, são ramificações remanescentes dos arbustos originais relatados pela lenda.


Eles eram considerados tão valiosos que precisavam ser mantidos sob guarda. Dessa forma, as folhas não são tão fáceis de serem adquiridas. Trata-se de um produto tão exclusivo que apenas corretores especializados podem conectar os ricos compradores chineses com os produtores de chá.

Segundo Theodora Sutcliffe, jornalista da BBC, os únicos arbustos restantes, que tinham cerca de 350 anos de idade, foram colhidos em 2005. Agora, sobraram apenas pequenos vestígios da planta. “Em maio, quando a colheita de chás começa, um tapete vermelho é esticado para imitar o presente do imperador”, contou. “As mulheres são vestidas em trajes tradicionais e sobem os degraus das montanhas, cobertos de musgos para realizar o ritual. Mas não há mais colheitas. O que significa que os poucos colecionadores não terão mais do que as folhas que ainda estão armazenadas. Agora, o Da Hong Pao será considerado mais valioso do que nunca. Talvez tão caro quanto diamantes”, disse.


[ Oddity Central ] [ Foto: Reprodução / Oddity Central ]



0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



POSTO RIACHUELO EM IRACEMA

ULTRAGAZ EM IRACEMA-CE

ADAS MOTOS EM IRACEMA-CE